Agrupamento de Escolas Prof Armando de Lucena
Centro de Recursos Educativos / Biblioteca Prof.ª Deolinda Reis
16
Abr 15

E, em abril, o placard do autor do mês ficou bem primaveril (até rima!):

P1440062.JPG

P1440063.JPG

P1440064.JPG

P1440065.JPG

P1440066.JPG

 

P1440068.JPG

 

 

P1440067.JPG

 

P1440069.JPG

P1440070.JPG

publicado por crebiblucena às 01:46
15
Abr 15

ana_maria_magalhaes.jpg

Ana Maria Magalhães nasceu em Lisboa a 14 de Abril de 1946, numa família estável, onde as crianças ocupavam o primeiro lugar. Com frequência, os muitos tios e primos vinham do Porto, da Régua e de Moncorvo para “passar temporadas”, trazendo consigo histórias, uma linguagem diferente com outras expressões, outras sonoridades. A infância e juventude decorreram portanto num ambiente alegre, caloroso, rico de experiências humanas. Fontes de inspiração não faltavam.

Quando tinha quinze anos, a tia mais nova, casada com um inglês, convidou a escritora para passar uma temporada em Londres, no período de férias. A propósito desta estadia, relata a autora: “ Não sei se gostei mais da Torre de Londres, da Tate Gallery ou de ver sem legendas “E Tudo o Vento Levou”. Mas sei que ao fim da tarde, quando passeava pelas ruas apinhadas de gente e me cruzava com indianas de sari, muçulmanos de turbante, ingleses ainda de chapéu de coco e bengala, livre para decidir se queria ver montras, sentar-me numa esplanada ou não fazer absolutamente nada, me sentia capaz de enfrentar este mundo e outro”.

Licenciou-se em Filosofia, pela Faculdade de Letras de Lisboa, tendo acumulado, durante os três primeiros anos, a frequência do Curso Superior de Psicologia Aplicada, no ISPA. Iniciou a atividade docente como professora de História de Portugal do 2.º ciclo, no ano letivo de 1969/1970, no Liceu António Enes, em Lourenço Marques, Moçambique. O contacto próximo com crianças africanas, indianas, chinesas e portuguesas foi tão motivante que, de regresso a Lisboa, decidiu enveredar pela carreira docente.

Em 1976, à porta da escola onde se encontrava a estagiar, conheceu Isabel Alçada. Ambas gostavam de se fazer entender pelas crianças e se divertiam com o seu trabalho. Juntaram-se, delinearam um projeto, traçaram uma rota, ignorando “modas” e recusando qualquer compromisso que as impedisse de se dirigir diretamente às crianças. Durante quatro anos, ensaiaram, treinaram, até reunirem as condições para a escrita do primeiro livro. De todas as editoras que procuraram, só a Editorial Caminho quis apostar na edição de “Uma Aventura na Cidade”. Mas a reação das crianças foi determinante para a continuação e o sucesso do Projeto. A este respeito, a autora diz que os convites nunca mais pararam: “propostas, convites, debates, encontros, viagens, pesquisas… A vida ganhou um ritmo vertiginoso".

publicado por crebiblucena às 13:22
07
Jul 14

A nossa Biblioteca Escolar já dispõe de 26 exemplares do livro Missão Impossível, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, oferta da Fundação Jorge Álvares.

 

 

Partindo de uma garrafa de porcelana azul e branca da China encomendada por Jorge Álvares em 1552, de que a Fundação é proprietária e pode ser vista no Museu do Centro Científico e Cultural de Macau, em Lisboa, as autoras desenvolvem no livro Missão Impossível, destinado à mesma faixa etária da Biblioteca Digital, uma aventura em que ressalta a vida de Jorge Álvares no Oriente naquela época, os seus amigos bem como as lendas e os animais míticos chineses. 
Esta edição, não comercial, destina-se a ser oferecida pela Fundação Jorge Álvares às bibliotecas de todas as escolas do país, constituindo um importante instrumento para fomentar o conhecimento da história e das lendas de Macau e da China, bem como para a organização na escola de trabalhos de grupo. 

 

Fonte: Fundação Jorge Álvares

publicado por crebiblucena às 10:28
29
Jun 12

 

Para promover a leitura nas férias grandes a editorial Caminho lançou o Concurso de Verão "Vou apresentar um Livro" (http://www.uma-aventura.pt/index.php?s=novidades&id=50&titulo=oncurso%20de%20Ver%E3o).

 

Desafia os leitores de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada a apresentarem um dos livros das autoras em vídeo e colocar o vídeo no Youtube.

As 5 melhores apresentações de cada mês serão incluídas no site Uma-aventura.pt e receberão um livro autografado pelas autoras.

Agradecemos que divulguem este concurso junto dos professores para que possa ser anunciado aos alunos na sala de aula.


Regulamento e ficha de inscrição disponível aqui.

publicado por crebiblucena às 12:10
30
Nov 10

Plano Nacional de Leitura

 

 

  

  

Plano Nacional

de Leitura

 

 

 

 

 

 

 


 

Cavaleiro da Dinamarca

Título: O Cavaleiro da Dinamarca 

Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen

 

Esta é uma história de um cavaleiro que um dia

decidiu sair da sua casa na Dinamarca e ir em

peregrinação até à Terra Santa, onde pretendia

passar um Natal na gruta onde Cristo nasceu e

onde rezaram os pastores, os Reis Magos e os Anjos.

Despediu-se dos familiares e dos amigos, dizendo-

-lhes que regressaria dali por dois anos. Partiu então

numa Primavera…

 

                                        Terá cumprido o seu desejo e o que prometeu aos

                                        seus familiares e amigos? 


 

Uma Aventura nas Férias no Natal

Título: Uma Aventura…nas Férias de Natal

Autoras: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

  

« — Naquelas fragas há coisas escritas, sinais que

             ninguém entende.
   — Sinais? Gravados na rocha?
   — Sim, muitos sinais. O maior é uma grande cobra,

             comprida. Não se distingue a cabeça do rabo,

             são iguais.
   — E quem é que gravou isso na rocha?»

  

Este um pequeno excerto deste livro das colecção

Uma Aventura, que nos conta as férias de Natal

do grupo numa quinta, que fica no alto da Serra,

num sítio muito isolado, mas cheio de encantos e

famoso devido às lendas relacionadas com tesouros escondidos...

 

 

 


    

O Natal de Poirot

Título: O Natal de Poirot

 

Autora: Agatha Christie

 

É véspera de Natal. A reunião da família Lee é destruída

por um ensurdecedor barulho de mobília a partir-se,

seguido por um grito …. e, Hercule Poirot, que se

encontra na zona para passar o Natal com um amigo,

oferece a sua ajuda, para desvendar o mistério.

 

Atreve-te a embrenhar-te neste mistério e, se o fizeres,

certamente, só vais querer chegar ao fim do livro para

descobrir toda a verdade, que não deixará ser

surpreendente.

 

   

 

 


Um Cântico de Natal

Título: Um Cântico de Natal

 

Autor: Charles Dickens

 

Charles Dickens (1812-1870) foi o romancista mais

famoso e popular do seu tempo. A sua preocupação

com as injustiças fizera do autor a voz da consciência

da sua época.


O Cântico de Natal foi publicado pela primeira vez

em 1843 e a grande popularidade de Dickens vem

também dessa sua tendência para escrever em louvor

da família, feliz e tranquila, tendo por cenário a época

de Natal.

 

 

  

 

 

publicado por crebiblucena às 15:52
29
Out 10

Neste Halloween, propomos umas leituras que te vão enfeitiçar!

E que tal experimentares?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por crebiblucena às 14:33
Catálogo digital
17551852_BaSi6
Portal das Escolas
biblucena
Histórias em Português
histc3b3rias-em-portuguc3aas1
Cata Livros
17547858_vzdcrcl
Hypatiamat
Hyp2
Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena
logomin
Visitantes...

Licença Creative Commons
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30